3 de dez de 2013

Diário de uma estudante irritante #7 - Quanto vale uma ideia?

Olha só quem está aqui! Eis que cheguei em casa saltitante feito uma gazela, e a primeira coisa que me veio a cabeça foi atualizar minha coluna. As despedidas que se danem, surgiu assunto para um novo post e eu vou é escrever! O motivo de toda minha alegria é extremamente bobo: minhas preces foram atendidas, ou pelo menos meu post foi lido. Hoje, na minha última prova de filosofia do ensino médio, o professor pediu para escrever (sim, escrever!) sobre um texto, com direito a liberdade de expressão e falar quantos "eu achos" nós quiséssemos. Claro que fiquei feliz da vida, até o próprio professor comentou que hoje eu "tô que tô" conjugado em outro tempo. Uma pena que não sobrou animação para a prova de historia, na pressa de vir para casa e escrever ainda mais, chutei a maioria das respostas e vim praticamente correndo. A culpa não é minha se escrever é como drogas para mim, sinceramente, fico parecendo que fumei maconha quando escrevo, principalmente quando escrevo para alguém ou algo que gosto (^~^)

Já vou deixando um agradecimento secreto para meu professor de filosofia, que mesmo sem ler o post adivinhou meus pensamentos (ou os outros professores simplesmente disseram a ele que tinha uma turminha na sala reclamando que não podia se expressar).

Bom, o texto que escrevi era uma interpretação sobre um textinho de auto-ajuda, sobre pessoas que fazem a diferença. Quem quiser ler o texto (vai ficar mais fácil de entender o post, porém não é necessário) é só clicar aqui. Nesse texto um professor babaca fala que somente 5% das pessoas realmente prestam, e que o resto é resto. Assim, se ele pudesse, separaria os 5% que presta na sua sala de aula, e largaria os outros 95% pra lá. Como era para escrever o que achei do texto, escrevi que achei tudo uma grande babaquice, porque investir em quem vai dar resultados é o que todas as pessoas medíocres fazem, resumindo: o professor faz parte dos 95% de que fala. Na minha opinião não existe esse negocio de 95% e essa baboseira toda, todo mundo tem capacidade de fazer diferença e todo mundo realmente faz diferença, ainda que mínima. E aí que, entre uma pessoa e outra me pedindo para escrever para elas (What???) me veio a ideia do post: afinal de contas, quanto vale uma ideia?

Perguntei a algumas pessoas se elas não sabiam pensar por si mesmas, uma vez que precisavam copiar de mim, e elas disseram que não. Para mim isso seria um ofensa terrível, mais que me chamar de feia, burra, idiota ou qualquer coisa, mas eles não levaram como ofensa. Lamentavelmente acabei dando umas ideias pra algumas pessoas, já que as infelizes criaturas não conseguiram escrever nem 3 linhas (enquanto eu lutava para não escrever um livro). E foi aí que me veio esse negócio do valor da ideia. Eu dei a ideia para eles de graça, mas se fosse cobrar, quanto cobraria? É certo que ideias valem muito, no emprego do meu pai, a pessoa que der a melhor ideia sobre algo que eu não entendo, ganha um carro. Aqui já sabemos que uma ideia vale um carro. Einstein dizia que a imaginação é mais importante que o conhecimento, e estando a ideia ligada diretamente à imaginação (ideias não são algo que possamos encontrar ou descobrir, como por exemplo, descobrir que as estrelas morrem), ideias valem mais que conhecimento. Ideias não podem ser descobertas, mas tidas (como se explica isso??), mas servem para descobrir. Como ter a ideia de se jogar de um penhasco pode fazer você descobrir que isso leva a morte (ou pode ser tarde demais para descobrir). Ideias valem mais que carros e conhecimento, e conhecimento é poder. Isso quer dizer que as ideias são mais poderosas que o conhecimento. Isso claro, é obvio para muita gente, já que o inicio dessa merda toda veio de uma ideia, não de uma descoberta. Duvido que o universo descobriu que podia se expandir, acho que ele teve a ideia de se expandir e pronto. Assim como eu tive a ideia de escrever esse post e você a péssima ideia de lê-lo. Enfim, ideias tem um valor incalculável e só de dar duas ou três para algumas pessoas, elas têm uma divida impagável comigo. Mas se as ideias são tão importantes, porque avaliamos o conhecimento? E se o conhecimento é também importante, porque não avaliamos somente essas duas coisas, nada mais? Bom, deixo as duas perguntas, porque eu não sei a resposta.

No próximo post (se eu me lembrar) vou escrever sobre o valor das provas escolares, já deixo anotado aqui para lembrar de citar os "pontos de caderno" e os "pontos de participação". E é claro, a tal da bomba por frequência, de que eu tenho tanto medo. rs' Me digam o que acharam do texto "Os que valem a pena". Afinal de contas, o professor estava certo ou não? Concorda com ele? Alguém lê esse blockquote?

6 comentários:

  1. Antes que eu me esqueça: aceita afiliação?
    Enfim, acho que as ideias tem muito mais valor que o conhecimento, e que quando você fica dando sua ideia pros outros, a perde.
    Eu nunca dou ideia pro povo da minha sala. Todo mundo consegue ter uma ideias, basta pensar.
    Esse comentário ficou uma merda, é que eu não tô conseguindo comentar.
    Kiss ~
    sibelekpop.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aceito sim amore *---*

      Hm sabe que nunca tinha pensado assim? Acho que não vou dar mais ideias pros outros, não quero perdê-las.

      Ficou ótimo seu comentário ^^

      Ps: não encontrei seu blog

      Excluir
  2. Ok, eu concordo com você em tudo. E que ótimo que o seu professor finalmente abriu a porcaria dos olhos dele. Ah, boa sorte e sim, eu leio os blockquotes.

    etcforme.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ushaushua' que ótimo mesmo! Mas acho que ele não leu meu post, foi porque ficamos fofocando dentro de sala mesmo, alguém deve ter contado pra ele.

      Fico feliz de saber, sempre tenho a impressão de que ninguém lê aquilo ^~^

      Excluir
  3. kkk concordo vc é doida??.....axo q siim !!!! adorei este blog muito muito ,^^ aceita afiliaçao!!??

    kissus da Lô || louca-por-html.blogspot.com.br ~*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ushaushu' acho que sim²

      Aceito sim, vou te colocar ali ^^

      Excluir

Seja educado, não use palavras ofensivas ou de baixo calão;
Comente algo relacionado ao post, para outros assuntos use a ask;
Obrigada e volte sempre!